Notícias Mais Recentes

Motorista bate de frente com caminhão e morre na BR-365, em Coração de Jesus


Corpo ficou preso às ferragens e foi retirado pelos bombeiros; motorista seguia de Montes Claros para Coração de Jesus e invadiu a contramão. Motorista morreu em acidente na BR-365
Max Andrade/ Inter TV
Um motorista de 25 anos morreu em um acidente na BR-365, próximo ao trevo de Coração de Jesus, na manhã deste sábado (21). Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal, ele seguia de Montes Claros para Coração de Jesus quando invadiu a contramão e bateu de frente com um caminhão.
A vítima estava sozinha no veículo e morreu no local. O corpo ficou preso às ferragens e foi retirado pelos Bombeiros. Segundo a PRF, o caminhão transportava areia de Pirapora para Montes Claros e o condutor não ficou ferido. As causas do acidente serão investigadas.
Ainda de acordo com a polícia, o guincho foi acionado e até às 13h a pista permanecia parcialmente interditada.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Seis pessoas são detidas em operação de combate ao tráfico de drogas em Felixlândia


Operação Tiradentes foi realizada pelas Polícias Militar e Civil; foram apreendidos drogas, arma, dinheiro, celulares e cartas com anotações do tráfico. Operação Tiradentes foi realizada em Felixlândia
Polícia Militar/ Divulgação
Cinco homens e uma adolescente, de 16 anos, foram detidos durante a Operação Tiradentes de combate ao tráfico de drogas em Felixlândia, na região Central de Minas. A ação conjunta das Polícias Civil e Militar foi realizada nessa sexta-feira (20) nos Bairros Liberdade, Capitão Custódio e Alto Social. Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos.
Os homens têm entre 21 e 39 anos e segundo a PM, são conhecidos nos meios policiais por envolvimento com o tráfico de drogas. O chefe do tráfico no Bairro Liberdade era um dos alvos da operação e está foragido.
De acordo com a polícia, nos três bairros foram apreendidos 12 celulares de procedência duvidosa, 107 pedras de crack, R$ 611, um revólver, um tablete de maconha e 16 buchas da mesma droga.
Durante o cumprimento dos mandados, os policiais encontraram também várias cartas com informações sobre o tráfico de drogas na cidade, que serão analisadas pela Polícia Civil.
Quatro envolvidos foram autuados e encaminhados ao presídio de Curvelo. A adolescente e um dos homens detidos assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência e foram liberados.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Mãe e filho são presos por tráfico de drogas em Taiobeiras


Polícia apreendeu pedras de crack, buchas de maconha e três tabletes da mesma droga; suspeitos foram presos em casa no Bairro Planalto. PM apreendeu drogas e dinheiro em Taiobeiras
Polícia Militar/ Divulgação
Uma mulher de 50 anos e o filho dela, de 19, foram presos por tráfico de drogas durante uma operação da Polícia Militar em Taiobeiras, nessa sexta-feira (20). Na casa onde eles moram, no Bairro Planalto, foram apreendidos maconha, crack e dinheiro. Um jovem de 18 anos também estava no local e foi preso.
A polícia fez buscas na residência depois de monitorar o imóvel por cerca de 45 minutos e flagrar os dois rapazes entregando materiais para supostos usuários de drogas. A mulher permitiu a entrada dos policias na casa e três tabletes de maconha foram encontrados no quintal.
O rapaz de 19 anos estava com nove buchas de maconha e a PM apreendeu no quarto da mãe dele, oito buchas da mesma droga prontas para comércio, duas pedras de crack e R$ 1.400. Os três foram presos em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados à delegacia.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Mãe e filho são presos por tráfico de drogas durante operação da PM em Taiobeiras


Polícia apreendeu pedras de crack, buchas de maconha e três tabletes da mesma droga; suspeitos foram presos em casa no Bairro Planalto. PM apreendeu drogas e dinheiro em Taiobeiras
Polícia Militar/ Divulgação
Uma mulher de 50 anos e o filho dela, de 19, foram presos por tráfico de drogas durante uma operação da Polícia Militar em Taiobeiras, nessa sexta-feira (20). Na casa onde eles moram, no Bairro Planalto, foram apreendidos maconha, crack e dinheiro. Um jovem de 18 anos também estava no local e foi preso.
A polícia fez buscas na residência depois de monitorar o imóvel por cerca de 45 minutos e flagrar os dois rapazes entregando materiais para supostos usuários de drogas. A mulher permitiu a entrada dos policias na casa e três tabletes de maconha foram encontrados no quintal.
O rapaz de 19 anos estava com nove buchas de maconha e a PM apreendeu no quarto da mãe dele, oito buchas da mesma droga prontas para comércio, duas pedras de crack e R$ 1.400. Os três foram presos em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados à delegacia.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Mulher é suspeita de matar irmão com vários tiros na zona rural de Ibiracatu

Corpo de José Ferreira de Amorim, de 53 anos, foi encontrado em uma estrada no Povoado de Alforges; suspeita ainda não foi presa. Um homem de 53 anos foi assassinado com vários tiros na zona rural de Ibiracatu, no Norte de Minas, nessa sexta-feira (20). Segundo informações da Polícia Militar, a irmã dele, de 54 anos, é suspeita do crime e ainda não foi presa. O corpo de José Ferreira de Amorim foi encontrado por um morador em uma estrada no Povoado de Alforges.
Os militares foram até a casa da irmã depois que ela foi apontado como suspeita pela esposa da vítima. A mulher não foi encontrada no local, mas o marido dela confessou que a esposa atirou no irmão. O homem disse à polícia que ela efetuou os disparos porque teria sido ameaçada pela vítima.
A perícia esteve no local e constatou que José Ferreira de Amorim foi morto com seis tiros na face, tórax, ombro e mão. Um projetil calibre.32 foi recolhido.
O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Januária e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Homem morre em colisão entre carro e caminhão na MG-135, em Nova Esperança

Corpo da vítima ficou preso às ferragens após carro cair em barranco; condutor do caminhão não se feriu. O condutor de um carro morreu na tarde desta sexta-feira (20), após se envolver em um acidente na estrada MG-135, próximo à Nova Esperança. O veículo se chocou contra um caminhão baú no km 352 da rodovia. Com o impacto, o carro acabou caindo em um barranco, deixando a vítima, de 54 anos, presa às ferragens; o motorista do caminhão baú não se feriu, segundo o Corpo de Bombeiros de Montes Claros.
Ainda de acordo com os bombeiros, o caminhão seguia sentido Mirabela e o carro em direção a Montes Claros. Para os militares, não foi possível identificar qual dos veículos invadiu a pista contrária. A Polícia Civil compareceu ao local para fazer a perícia do acidente.
O condutor do carro, segundo o Corpo de Bombeiros, teve o fêmur fraturado e vários cortes pelo corpo, que o fizeram ter muito sangramento. Os militares tentaram reanimá-lo por 40 minutos, mas não obtiveram êxito. O corpo foi encaminhado pelo SAMU ao IML de Montes Claros.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Casal morre após carro capotar e ficar submerso em córrego na zona rural de Unaí


Segundo o Corpo de Bombeiros, não há evidências de como o acidente pode ter ocorrido; Polícia Civil vai investigar o caso. Carro ficou parcialmente submerso em córrego em Unaí
Corpo de Bombeiros/Divulgação
Um homem, de 56 anos, e uma mulher, de 52, foram encontrados mortos nesta sexta-feira (20) na zona rural de Unaí, há aproximadamente 55 km da área urbana da cidade. Os corpos do casal foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros de dentro de um carro capotado, que estava parcialmente submerso em um córrego localizado na estrada MG-188, à altura do km 122.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o veículo aparentemente caiu de uma ponte, mas a corporação informou que não conseguiu encontrar nenhuma evidência do que possa ter provocado o acidente. A Polícia Militar também afirmou que não há indícios dos motivos do capotamento.
A perícia da Polícia Civil compareceu no local e vai investigar se o capotamento foi um acidente, ou se há algum outro crime relacionado à morte do casal.
Os corpos foram resgatados no fim da tarde desta sexta, apesar do acionamento do Corpo de Bombeiros ter sido feito pela PM às 9h. Segundo a polícia, o local é de difícil acesso, e até a publicação desta matéria uma equipe de policiais e bombeiros tentava retirar o veículo de dentro do córrego.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Veículos do Governo do Estado para combate à dengue são encontrados abandonados em Montes Claros


Pelo menos 16 carros foram encontrados em estado obsoleto em pátio da prefeitura; Governo de MG emitiu nota informando que veículos só são usados em casos de alta incidência. Veículos para combate à dengue
Sóter Magno/Arquivo pessoal
Dezenas de carros plotados com símbolos de combate à dengue, pertencentes ao Governo de Minas Gerais, estão abandonados em uma garagem do Centro de Controle de Zoonoses em Montes Claros. Os veículos, com bombas e equipamentos que fazem o “fumacê”, de combate o Aedes aegypti, estão em mau estado, empoeirados e sem condições de uso.
A situação foi denunciada por um vereador e ambientalista da cidade, Sóter Magno (PP). Segundo o parlamentar, pelo menos 16 carros estão parados no local, sem nenhuma utilidade. “Os veículos estão todos praticamente abandonados. Inclusive, os carros de ‘fumacê’ com as bombas em cima paradas. A indignação é que os carros poderiam estar trabalhando de forma preventiva, ou pelo menos entrar em um leilão, para que o dinheiro fosse revertido em algo a favor da população”, afirma.
Sóter integra uma comissão criada pela Câmara de Montes Claros para discussões e ações no combate ao Aedes aegypti. Ele afirma que os carros abandonados poderiam atuar de forma a prevenir a dengue o ano todo, não apenas em meses de alta incidência das doenças relacionadas ao mosquito. A prática faria toda a diferença, segundo o parlamentar.
“Estes carros em desuso poderiam atuar de forma que efetivamente faria toda diferença na incidência de dengue na região. Nós, da comissão, acreditamos que é a prevenção feita durante todo ano, não apenas nos meses de pico, que seria solução para o problema”, comenta o vereador.
Espaço cedido
O Centro de Controle de Zoonoses de Montes Claros cedeu o espaço para que a Superintendência Regional de Saúde guardasse os carros e formasse uma Central de Combate ao Aedes aegypti há pelo menos 15 anos, conforme explica o coordenador do CCZ, Flamarion Cardoso.
“A intenção é que o estado transformasse o espaço em um Centro de Controle da Dengue. O município não tem nenhuma relação com esses carros; é de total responsabilidade do Governo do Estado”, garante o coordenador.
Flamarion afirma que o último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) foi feito em Montes Claros entre os dias 9 e 11 de abril. A infestação do mosquito registrada foi de 7,3% e o índice determina como o Governo do Estado deve atuar na região. “O Estado determina que os veículos de ‘fumacê’ só sejam usados quando há 300 casos de doenças relacionadas ao Aedes aegypti para cada 100 mil habitantes. Como não é o caso de Montes Claros, os veículos ficam parados”, explica.
O que diz o Governo de Minas
A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou, por meio de nota, que não usa os veículos de combate a dengue de “forma aleatória”. Segundo o órgão, a liberação para utilização dos carros depende da incidência de doenças na região.
“Os veículos são liberados mediante parecer do Comitê Técnico Regional de Dengue. Esclarecemos que os mesmos são utilizados quando os municípios apresentam alta incidência de casos notificados de dengue nas últimas quatro semanas epidemiológicas, quando há entre 300 a 499 casos prováveis por 100 mil habitantes”, declara a nota da secretaria.
Sobre os veículos abandonados, a Secretaria de Estado de Saúde diz que já solicitou que os carros sem condições de uso fossem recolhidos.
Preocupação dos moradores
A aposentada Eneide Nóbrega, moradora do Bairro João Botelho, em Montes Claros, diz que, se não fosse a raquete que mata mosquitos, ela e a família passariam maus bocados. “Todo dia ao entardecer, a gente sofre com a quantidade absurda de mosquitos que entram em casa. Não sabemos se é por conta dos lotes que tem ao redor, mas a raquete é o que tem amenizado o problema”, conta.
Eneide afirma que o receio que tem é porque sabe que muitas doenças estão relacionadas aos mosquitos, e não saber diferenciá-los é um problema. “Eu não sei o que é muriçoca, ou o que é o próprio Aedes aegypti. O medo é esse”, diz.
Para ela, ainda que o Governo do Estado diga que não é necessário, os carros de combate a dengue fazem falta. “O fumacê faz muita falta para a gente sim! Quando a prefeitura usava, eu me lembro de que pelo menos nos 10 dias seguintes tínhamos um pouco de sossego em relação a esses bichinhos. Com certeza, se os carros estivessem em circulação, a situação estaria melhor”, conclui.

Leia +
Fonte: MG – Grande Minas <g1.globo.com>

Pular para a barra de ferramentas